Segunda-feira, 8 de Janeiro de 2007

a minha pequena aldeia

O meu nome é Ana Catarina, sou Flaviense de gema e sempre com muito orgulho. Moro numa pequena aldeia  - EIRAS - muito próximo de Chaves.

 

Eiras é também uma pequena freguesia com a área de 4,88 Km2 e uma população de 560  habitantes e 522 eleitores (senso de 2001); é constituída pelas povoações de Eiras, Castelo e S. Lourenço.  A freguesia de Eiras, também referenciada como de Santa Maria de Moreiras do Vale, assenta na rica veiga de Chaves, na margem esquerda do rio Tâmega. Esta freguesia confina com Faiões e a cidade de Chaves.

                                                            Para lá da imagem está Faiões.

 

Os seus terrenos férteis situados na veiga, produzem abundantemente todos os géneros agrícolas da região, sendo de destacar as culturas de cereais, batata, legumes, frutas e bons vinhos de mesa, sobretudo o afamado vinho da Pipa e atá as cerejas.

O topónimo geográfico provém, possivelmente, dos eirados ou eiras aqui situadas, locais estes destinados às operações de tratamento e recolha de cereais.

No largo da entrada da aldeia encontra-se um belo e raro cruzeiro, com as extremidades rematadas em Flor de Lis, dos mais antigos da região, datado de 1650, muito parecido com o cruzeiro da Porta da Glória da Catedral de Santiago. Pensa-se que este local integrava um dos percursos das peregrinações a Santiago de Compostela.

    O cruzeiro!!!!

O largo de boas vindas à aldeia!

 

A Igreja Matriz, Românica, tendo como padroeira a Senhora da Expectação, situa-se no lugar da Pipa.

 

 

 

 

 Pois é, falta-lhe um sino, desde pequena que oiço dizer que este foi tirado à revelia por uma aldeia rival, mas não posso revelar o nome...

 

 Junto ao cruzeiro estende-se a Quinta da Senhora da Conceição,hoje separada em duas partes, onde ainda, muito degradada, persiste uma capelinha adornada com uma bela janela manuelina.

A capela, ja com um armazem em anexo..............

 

 O fundador da Quinta foi governador da Praça de Chaves, Francisco de Morais Madureira Lobo Liz e Prado do qual houve uma filha, Dona Rita Lobo Liz e Prado, mãe do último morgado da referida Quinta das Eiras e da Casa da Santa Cabeça de Chaves, cuja pedra de armas se encontra no Museu da Região Flaviense.

Outra figura notável desta aldeia foi Manuel de Morais Madureira. Considera-se que aquele belo cruzeiro, que nas extremidades da haste e dos braços, apresenta as bem configuradas Flores de Lis, poderá ter sido edificado por esta nobre família escultando nele um dos símbolos das suas armas.
Manuel de Morais Madureira, irmão de Rita Lobo Liz e Prado, desempenhou as funções de Capitão de Cavalos e Ajudante de Campo de D. Miguel de Bragança. Depois da convenção de Evoramonte, onde D. Miguel foi destinado ao exílio, este fidalgo acompanhou o rei no seu destino, tendo morrido nesse mesmo exílio. Era de família muito abastada, pois além da Quinta já referida possuía os Casais de Edral, no concelho de Vinhais e Vimioso e os Prazos de Ervões no concelho de Valpaços e de Nogueira de Barroso no concelho de Boticas.


Era também desta nobre família o último abade que residiu dentro das muralhas do Castelo de Monforte e foi este sacerdote quem mandou construir a elegante capela da Senhora da Conceição, já referida. O abandono da rica Abadia de Monforte ficou a dever-se ao mau carácter demonstrado pelo infante D. Francisco de Bragança, filho de D. Pedro II e irmão de D. João V, que era o senhor daquelas terras por direito do Infantado. Quando visitou aquele castelo e foi amorosamente presenteado pelos vereadores do município, com um cesto de figos, ele atirou-os ao presenteador, por considerar uma insignificância. Perante este gesto muito pouco abonador do carácter do Infante, tanto o abade como o governador da fortaleza, que era André da Cunha Melo, abandonaram os seus postos e cargos, regressando o abade a Eiras e o governador às suas terras de Moncorvo.

                                                         simplesmente a minha aldeia...


 

Castelo, pequeno povoado, nasceu e cresceu à sombra de um castro. O seu topónimo advém-lhe dessa antiquíssima fortificação e lugar de refúgio, que porventura teve o seu princípio já nos remotos tempos pré-históricos.  Na parte alta do povoado encontra-se uma pequena capelinha de Santiago, heróico patrono dos cavaleiros da cruz contra os sarraceno..


 

São Lourenço, está situado também junto de um povoado pré-histórico. Por esta povoação também passava a via romana, que se dirigia até Pinetran. A nascente de S. Lourenço ainda existe uma ponte romana com um arco, e trechos da calçada romana. É uma povoação possuidora de campos férteis e de abundantes águas.

Sempre que Chaves foi palco de acontecimentos históricos, S. Lourenço desempenhou um papel relevante, dada a sua posição estratégico-militar. A capela, de devoção a Santiago, possui um característico campanário galaico-transmontano e no dintel da porta principal está gravada a data de 1860, data provável de uma remodelação. O templo actual, interiormente muito simples, tem coro, púlpito, pia baptismal, três altares, tribuna e sacristia.

Em termos turísticos é muito interessante admirar, do Miradouro de S. Lourenço, a cidade, o rio, a veiga até ao sopé dos montes que a rodeiam.
 

                                Quem diria que é mesmo daqui a melhor vista para a cidade....


 

publicado por accteixeira às 00:53

link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Anónimo a 31 de Março de 2007 às 18:00
Quem diria que ias fazer este blog?????????RS RS RS
De accteixeira a 6 de Abril de 2007 às 22:56
bem. e espero que tenhas gostado....
gostava mesmo era de saber kem m mandou este comentário tão secreto.... rs rs rs
De teixeira lopes a 7 de Novembro de 2007 às 12:14
sou um transmontano em terras algarvias - muito obrigado pelas fotos diversificadas que me fazem recuar no tempo e como recordar é viver, assim se matam as saudades dessa terra sem igual. Um bem haja para o autor
De MANUELA TEIXEIA a 15 de Maio de 2008 às 16:58
gostaria de saber se fazes parte da mesma familia teixeira que eu .deixo-te alguns nomes ,dos meus tios gabriel e conceiçao, que moram nas eiras (antigamente na quinta da mariazinha) .eu sou filha de rafael da anunciacao teixeira irmao do gabriel e da emilia mae da elsa e da erminia todos familia teixeira conheces? eu ja nao vou as eiras ha mais de 25 anos , porque estou na suica .fiquei muito contente por ver o teu documentario sobre as eiras que apesar de nao ter nascido la ,tenho muitas boas recordaçoes das minhas ferias de infancia.
De accteixeira a 15 de Maio de 2008 às 23:54
bem, eu nao sou familia do sr Gabriel, embora o conheça muito bem, sou neta do SR ARMINDO "BATATAS" nao sei se conhece!!!
o meu avô era muito amigo do seu pai e do sr Gabriel..
espero que continue a visitar o Eirense que faz muito gosto em mostrar as Eiras aqueles que leva a minha aldeia no coração.
um abraço
De Antonio Correia Barrocas a 16 de Agosto de 2008 às 20:25
Olá...
Sou amigo da Manoela Esteves Araújo, que até 1992 morava em São Lourenço...
Há muito tempo não tenho notícias dela... será que voce poderia me ajudar a encontrá-la?
Desde já agradeço!!!
De TINA DUQUE a 26 de Junho de 2010 às 10:17
COMO FAMILIAR (AFASTADA) DO MESTRE E ARQUITECTO VICENTE COSTA, GOSTARIA DE SABER ALGO MAIS SOBRE AS SUAS OBRAS SE FOR POSSÍVEL.
PELO QUE NOS FOI TRANSMITIDO, FEZ A FAMOSA ESCADARIA DO TAMBÉM FAMOSO HOTEL PALACE VIDAGO, ALGO NA ADEGA DE FAUSTINO E BARRAGENS EM CHAVES VIDAGO, NÃO TEMOS MAIS NENHUMA REFERENCIA SOBRE AS SUAS ARQUITECTURAS , TEMOS APENAS UMA FOTO MUITO ANTIGA CEDIDA POR FAMILIARES JÁ FALECIDOS.

SEM OUTRO ASSUNTO SUBSCREVO-ME ATENCIOSAMENTE E OBRIGADA.
CLEMENTINA DUQUE, ESPOSA DO NETO DO MESTRE E ARQUITECTO VICENTE COSTA

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.LUMBUDOS

blog-logo

.posts recentes

. Quando a saudade aperta!!...

. Para quando a real prova?...

. Voltou!!!!

. Um susto!!

. Problemas Resolvidos....

. Graaaande!!!!

. Coisas boas!!!!

. A nossa Terra vista pelos...

. Parabéns amigo.

. Quem não dava agora uma t...

. Eiras, São Julião de Mont...

. Feliz Natal

. Que frio!!!!

. O melhor do inverno!!!!

. Vale a pena ler...

. Dia de Todos os Santos

. Já com saudades do Verão?

. Mais do mesmo!!!

. Freguesia de Eiras..... J...

. A padroeira

. Sra. Das Graças

. Eiras....

. Ao sol...........

. Primavera!!

. Páscoa......

.arquivos

. Junho 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Agosto 2015

. Fevereiro 2015

. Maio 2014

. Abril 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.favoritos

. Feliz Navidad....

. a minha pequena aldeia

. ...

.links

.Junho 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds